A expectativa era grande para perceber o que Felipa Garnel iria trazer de novo à TVI já a partir de setembro. No entanto, há apenas um mês no cargo de diretora de programas do canal, ainda não houve tempo suficiente para levar a cabo todas as suas ideias. Assim sendo, o início da tão aguardada revolução fica adiado para janeiro de 2020.

De acordo com o testemunho dado por uma fonte do canal à revista TV Mais, Felipa Garnel “tem excelentes ideias e uma estratégia já bem delineada”, mas só “vai revolucionar a TVI a partir de janeiro do próximo ano”. “Vai mudar tudo, incluindo os programas da manhã e da tarde”, continuou. O adiamento acontece devido ao facto de nada ter sido preparado pela anterior direção para o mês de setembro.

“A não ser o ‘MasterChef’, que já está totalmente gravado (…) Não é por acaso que a TVI está a repetir tantos programas (…) Não tem alternativa”, completou a mesma fonte.


em site atelevisao.com