A Etiópia conseguiu alcançar um recorde mundial, reconhecido pelas autoridades, ao plantar mais de 350 milhões de árvores apenas num dia, em cerca de mil localidades do país. O primeiro-ministro Abiy Ahmed está à frente do projecto, que pretende combater os efeitos da desflorestação e das mudanças climáticas num país propenso à seca.

Alguns gabinetes públicos foram inclusive encerrados para permitir a participação de funcionários públicos. Milhões de etíopes de todo o país foram convidados a participar no desafio e, nas primeiras seis horas, Abiy Ahmed publicou no Twitter que cerca de 150 milhões de árvores já tinham sido plantadas. Completado o desafio, um total de 353.633.660 árvores foram plantadas, “tweetou” o ministro da Inovação e da Tecnologia da Etiópia, Getahun Mekuria.

A plantação, que aconteceu esta segunda-feira, 29 de Julho, insere-se na campanha nacional Green Legacy (Legado Verde, em português), cujo objectivo é plantar quatro mil milhões de árvores no país, ainda este Verão. A campanha quer consciencializar o público para a degradação ambiental da Etiópia e alertar para a importância de adoptar um comportamento ecológico. Segundo a ONU, a cobertura florestal da Etiópia foi de apenas 4% nos anos 2000, abaixo dos 35% do século anterior, de acordo com dados fornecidos pelo The Guardian.

O actual recorde mundial de plantação de árvores num único dia foi alcançado pela Índia, que utilizou 800 mil voluntários para plantar mais de 50 milhões de árvores em 2016. Ainda não se sabe se o Guinness World Records está a monitorizar o esquema de plantação em massa da Etiópia, mas o gabinete do primeiro-ministro disse que o software especialmente desenvolvido está a ajudar com a contagem.

Contudo, e segundo a BBC, críticos do primeiro-ministro da Etiópia consideram que Abiy Ahmed está a “usar” esta iniciativa para desviar a atenção de outros problemas, como os conflitos étnicos que desalojaram cerca de 2,5 milhões de pessoas.


em site publico.pt

Anúncios