Portugal suspendeu a autorização de vistos a cidadãos do Irão por questões de segurança, admitiu nesta terça-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros em comissão parlamentar, sem, no entanto, explicar as razões da decisão.

“Sim, suspendemos [os vistos a cidadãos do Irão] por razões de segurança”, afirmou Augusto Santos Silva em resposta a uma questão colocada pelo deputado do CDS/PP Gonçalves Pereira.

O ministro pediu, no entanto, para não explicar a razão enquanto a comissão parlamentar estiver a decorrer na presença da comunicação social, garantindo que dará “todas as explicações” no final da sessão, à porta fechada.

Questionado no final da audição, o ministro dos Negócios Estrangeiros adiantou que a suspensão dos vistos “é temporária” e garantiu que a decisão “não tem nada a ver com a qualidade das relações bilaterais de Portugal com Teerão”.


em site publico.pt
Anúncios