Bruno Santos, diretor-geral da TVI, afirmou que a estação quer regressar à liderança, porém assumiu que a concorrência está muito forte.

O objetivo da quatro não se afigura fácil, nas palavras do todo-poderoso de Queluz, mas o caminho está definido. Em contrapartida, a TVI vê a concorrência fortalecida.

«Queremos voltar a liderar, sabemos que a concorrência está muito bem munida de armas muito fortes», afirmou o responsável.

Apesar de ver as audiências caírem de mês para mês, Bruno Santos não tem dúvidas que «o ADN da TVI é de liderança».

O rumo passa agora por transformar a grelha da estação. A TVI quer «fazer algo diferente que vire o jogo outra vez. Queremos fazer coisas que deem um sinal que nos estamos mexendo, ou seja, não podemos ficar parados. Estamos a trabalhar nisso».

Anúncios