A TVI emitiu uma nova reportagem das várias emitidas em relação ao “Segredo dos Deuses” em que acusa o Ministério Público, a ex-procuradora da República Joana Marques Vidal, a Santa Casa da Misericórdia e a IURD de saberem todos da verdade, mas que no entanto o processo acabou arquivado estando em segredo de justiça.

Forma vários os papéis que desapareceram da investigação feita pelo Ministério Público, gravações que foram interrompidas e meio durante as audições em tribunal e muitas outras coisas que a TVI e o advogado de uma das vítimas que perdeu os seus filhos, acham anormal, tendo pedido já a abertura do inquérito novamente, apresentando uma queixa contra o Ministério Público.

Caso o processo avance o Ministério Público poderá vir a sofrer uma penalização judicial por ter incumprido com certas normas legais.

A IURD não ficou indiferente às várias acusações da TVI e emitiu uma queixa junto da ERC para que o canal de Queluz de Baixo fosse obrigado a passar a sua reposta a tais acusações, afirmando que a verdade irá ser reposta.