A primeira sessão do Parlamento Europeu depois das eleições europeias ficou marcada pela “rebelião” dos deputados britânicos do Partido Brexit, que viraram as costas ao hemiciclo durante o hino da União Europeia.

Até terminar a “Ode à Alegria”, da 9.ª sinfonia de Beethoven, os 29 eurodeputados do Partido Brexit, de Nigel Farage, permaneceram de costas.

Para o presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, tratou-se de uma falta de respeito.

“É uma questão de respeito. Não significa que partilhem as visões da União Europeia.Quando ouvimos o hino de um país levantamo-nos”, criticou.

Já Nigel Farage não podia estar mais satisfeito a “presença notada” dos representantes do seu partido.

Nas redes sociais já circula a hashtag #notinmyname, que condena o comportamento destes eurodeputados britânicos.

Para contrastar, os eurodeputados liberais democratas envergaram camisolas amarelas com uma mensagem a pedir o fim da saída do Reino Unido da União Europeia.


em site tvi24.pt
Anúncios