O penúltimo episódio de Guerra dos Tronos acabou da forma mais trágica possível. Poderá ler mais clicando aqui. Cersei não iria ter o fim que achava que teria.

A rainha dos 7 Reinos pensou que conseguia parar a ira de Daenerys com a sua Frota de Ferro, os seus canhões que matam dragões e o seu novo exército, mas não podia estar mais errada. Dany derrotou sozinha a Frota de Ferro, abriu as muralhas da cidade, dizimou quase todas as tropas de Cersei e muito pouco sobrou por onde ela passou.

Cersei acabou fugindo com o seu irmão e amante Sir Jaime, mas encurralados pelos escombros da destruição maciça de Porto Real, não conseguiram sair das masmorras subterrâneas com passagens secretas, e acabaram morrendo os dois juntos à medida que todo o edifício (antigo palácio de Porto Real) desmoronava em cima deles. Um fim trágico para uma mulher que nunca receou ter medo de morrer, mas não foi o que aconteceu neste episódio.

Sempre desvalorizando Daenerys, Cersei viu que mais nada podia fazer perante tal crueldade, e os habitantes da cidade não escaparam às mãos da rainha dos dragões, que enquanto Cersei via espantada, ela destruía tudo por onde passava, sem qualquer dó ou piedade.

Anúncios