Alerta Spoiler! O artigo que vai ler contém spoilers do início ao fim, relativos ao 3.º episódio de «Guerra dos Tronos»

Em Winterfell todos se preparam para a grande batalha que se avizinha. As tropas do Norte e os exércitos da Daenerys estão posicionados fora das muralhas.

Inicia-se o ataque inicial por parte das tropas equestres de Jon Snow/Daenerys contra o exército dos mortos. Todos ou quase todos morrem. Segue-se a vez do exército de ambos contra os mortos. Uma batalha que leva a uma devastação quase total das tropas, obrigando os sobreviventes a recuar e a se refugiar nas muralhas de Winterfell.

O exército dos mortos impulsionado pelo Rei da Noite faz com os mesmos caminhem em direção a uma vala que arde construída para os deter e impedir de chegar às muralhas. De nada serve e o exército dos mortos avança. Uns contra os outros depressa conseguem escalar as muralhas e alcançar a cidade de Jon Snow.

Lembramos que este artigo contém spoilers sobre o episódio 3 de «Guerra dos Tronos». Ao continuar a ler está a aceitar que informações privilegiadas lhe sejam transmitidas.

Entretanto Daenerys e Jon Snow ajudam a matar o exército dos mortos auxiliados pelos dois dragões da Mãe dos Dragões. É num destes momentos que surge o Rei da Noite, fazendo com que Jon Snow e Daenerys o perseguiam e entrem num duelo de titãs.

Os mortos conseguiram invadir Winterfell e as tropas veem-se incapazes de lutar contra tamanho exército.

Um dos dragões de Daenerys é morto pelo dragão do Rei da Noite, após este mesmo ter caído do seu dragão enquanto lutava contra um dos dois filhos sobreviventes da Targeryan. Tratou-se do dragão usado por Jon Snow.

Spoiler: que leu até aqui, avivamos-lhe a memória! Este artigo contém spoilers! Recua antes que seja tarde demais!

Winterfell é invadido a paços largos e nem as mulheres e as crianças que estão escondidas na cripta se escapam aos mortos, que as assassinam sem qualquer misericórdia. Incluindo os filhos das mesmas.

Tudo parece perdido para Lady Sansa, Tyrone, Daenerys, Jon Snow, Sir Jaime e os restantes sobreviventes, que se podem contar pelos dedos. O Rei da Noite ressuscita o seu exército num piscar de olhos e tudo parece estar perdido.

Targeryan atinge o Rei da Noite com o fogo do seu dragão na esperança de matar este Rei maléfico, mas por seu azar, ele é imune ao fogo de dragão e tenta matar o filho de Daenerys.

Demasiadas informações confidenciais saíram e as leste. Agora não iremos te impedir de continuar a ler.

Jon Snow ataca o Rei da Noite, mas ele depressa ressuscita o seu exército de mortos e tudo parece perdido para o Rei no Norte. Com a ajuda de Daenerys e do seu filho, matam os mortos e ajudam Jon Snow a se livrar da possível morte. Mas quando tudo pareceis estar a ganhar um bom rumo, o filho de Daenerys é atacado pelo exército dos mortos deixando a sua Mãe cair e fugindo dali o mais depressa possível.

Parece que Jon Snow, Daenerys, Lady Sansa, Arya, Tyron e os restantes sobreviventes, pois aqueles que eles pensavam que já estavam derrotados, depressa voltaram à vida.

O Rei da Noite caminha Winterfell dentro à procura de Bran Stark para o matar, tal como ele o previra. Quem acaba por morrer assassinado pelo Rei da Noite é Theon que defendia Bran do seu destino fatídico.

Somos teus amigos e por isso te avisamos que caso não tenhas visto o episódio, pára aqui e não continues a ler.

Quando parecia que Bran iria enfrentar a espada do Rei da Noite, Arya surge e tenta matá-lo, logo sem sucesso. De seguida, ela espeta-lhe a sua espada de aço Valeriano na barriga e o Rei da Noite rebenta em mil pedaços de gelo, assim como todo o seu exército e dragão que morrem instantaneamente.

Parecia o fim para todos os personagens, mas parece mesmo que Jon Snow com a ajuda de Daenerys, conseguiram derrotar o exército dos mortos. Winterfell ficou totalmente destruído e com um exército morto em todos os seus cantos.

Anúncios