Facebook processado em Portugal, Espanha, Itália e Bélgica


A ação judicial da Deco contra o Facebook, por uso indevido de dados, deu entrada esta segunda-feira na Justiça portuguesa. Tal como o Expresso avançou na sua edição de 30 de junho, pela primeira vez, associações de defesa dos consumidores de Portugal, Espanha, Itália e Bélgica juntaram-se, numa estratégia comum, para processar a rede social.

Em Portugal, a Deco pede uma indemnização compensatória de um mínimo de €200 por cada utilizador — que em Portugal se estima serem 6,4 milhões —, consoante o tempo de antiguidade que cada pessoa tenha naquela rede social.

Este processo surge na sequência do escândalo da Cambridge Analytica, a empresa de consultoria política britânica que terá usado indevidamente dados de 87 milhões de utilizadores para ajudar a eleger Donald Trump e que também influenciou o resultado do referendo do ‘Brexit’.

A Deco entende que todas as pessoas que têm conta no Facebook merecem ser indemnizadas, já que existem aplicações semelhantes à utilizada pela Cambridge Analytica e, por isso, todos os utilizadores estão expostos.

Notícia do Expresso
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close